19 de abril de 2017

[NEWS] Professor da escola secundária e amigo de infância do Minhyun vêm defender o concorrente do Produce 101 e membro do NU'EST sobre o alegado roubo de uma bicicleta.[15/04/17]


NU'EST Minhyun revelou uma vez em uma transmissão de rádio anterior que ele tinha roubado uma bicicleta durante o ensino médio, mas na época, sua história nunca foi relatada e não se tornou um problema.

Com as controvérsias em torno de vários concorrentes Produce 101 e seus passados ​​problemáticos (incluindo bullying e assédio sexual), roubo de bicicleta Minhyun não foi deixado sem investigações.

No início deste mês, um post intitulado "O ídolo que roubou uma bicicleta no ensino médio" foi postado em um portal da comunidade on-line. Logo se tornou viral e foi relatado por várias fontes de notícias.

 "Eu acho que foi no meu primeiro ano de ensino médio, meus amigos e eu éramos imaturos e por isso roubamos uma bicicleta e vendemos para um ferro-velho. Na época, achamos divertido e excitante. Um semestre passou e eu esqueci completamente, mas no segundo semestre, um policial entrou em nossa classe à nossa procura. Então nós entramos em um monte de problemas com nosso professor. " 

- NU'EST's Minhyun




Muitos foram surpreendidos por sua admissão na transmissão de rádio ao vivo e criticaram-no por ter tanta confiança em contar tal história. Fãs ficaram especialmente chateados dado que ele é um ídolo que se destina a promover um comportamento exemplar.

Professor de escola secundária do Minhyun, no entanto, recentemente foi ao Facebook para defender Minhyun e explicar que a história que ele disse na transmissão de rádio nunca aconteceu realmente e que ele pode ter exagerado para fins de entretenimento.


"Eu fui professor da 9 ª classe e professor particular lar de Hang Minhyun, e eu orientei Hwang Minhyun no 7 º e 8 º ano também. Atualmente, ainda estou trabalhando na mesma escola.Houve vários relatórios de notícias sobre a história de roubo de bicicletas de Hwang Minhyun.
Para resumir, a história Hwang Minhyun disse no rádio foi exagerada. Eu acredito que ele contou essa história porque os programas de rádio exigem algum exagero em histórias impactantes que destacam uma nova experiência. Eu o vi crescer por 3 anos no ensino médio, mas pelo que eu sei, isso nunca aconteceu. Depois de ter visto ele por 3 anos e ficar com ele por 1 ano como professor particular, ele passou seus dias de escola média diligente e lindamente.
Estou escrevendo isso para compartilhar a verdade para todos aqueles que apoiam e acreditam em Hwang Minhyun, como ele está sofrendo emocionalmente da disseminação de informações falsas.
Provavelmente há pessoas que pensam que estou escrevendo isso porque Hwang Minhyun contactou-me de alguma forma. Mas, depois que ele se formou no ensino médio, eu não tenho estado em contato com ele até agora por várias razões, como horários ocupados e números de telefone alterados. Eu só estou vendo meu aluno viver sua vida através da internet e televisão.
Gostaria de lembrar todos aqueles que leram este post. Hwang Minhyun nunca roubou nada enquanto estava no ensino médio, ele gostava de sua vida de escola secundária como um estudante regular. Qualquer pessoa que frequentasse a escola com ele na época ou trabalhasse na escola concordará com esse fato ".
 
- Sungyul Kim, professor de escola secundária de Minhyun
 
 Um amigo de infância de Minhyun apareceu em uma comunidade on-line e corroborou o relato do professor de escola secundária, revelando sua versão do que aconteceu, mostrando que a história tinha sido exagerada para fins de entretenimento. No post, ele carregou selfies que ele tinha tirado com Minhyun e seus colegas de escola para provar que ele era realmente amigo íntimo de Minhyun. 
 
O amigo de Minhyun enviou fotos da turma para provar que ele realmente frequentou a escola com ele. 
 
 Ele também incluiu selfies com Minhyun e outros amigos para mostrar que eles eram próximos.
 
 
De acordo com o amigo de Minhyun, a caminho de casa da escola, os dois viram uma bicicleta velha enferrujada encostada a uma pilha de sacos de lixo na rua. Por curiosidade, eles tentaram montá-la, mas perceberam que os pneus estavam achatados e a corrente estava quebrada, e então decidiram levá-la ao ferro-velho para descartá-la. O proprietário do ferro-velho deu-lhes ₩ 3,000 KRW (aproximadamente US $ 2,64) com o qual compraram ddeokbokki (bolo coreano de arroz picante).

Fonte: DC Inside e Wikitree
Via:Koreaboo
Trad ENG-PTBR:Gabii/NU'EST Brazil

0 Comentários:

Postar um comentário

 

Receba notícias no e-mail!

Contato

Email: nuestbrazil@gmail.com